A melhor prevenção contra o câncer de mama é a conscientização e a prática do autoexame

De jaqueline

*Mônica Schimenes, fundadora e CEO da MCM Brand Experience

A chegada do mês de outubro traz diversas sensações. É aquele pensamento de que o ano passou voando, de que chegou a hora de planejar as férias da família, bater as metas finais da empresa e preparar tudo para as festas de confraternização. Mas, não podemos esquecer de uma das principais marcas do mês de outubro: a conscientização sobre o câncer de mama. Outubro Rosa é um período especial, afinal nos dedicamos em prol de alertar a sociedade e principalmente o público feminino, sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença.

Quando uma mulher sofre com o câncer, todas as outras sentem um pouco da sua dor, não é à toa que há diversos exemplos de mães, irmãs, filhas, amigas e conhecidas que rasparam suas cabeças em solidariedade. A sororidade ainda é algo vivo entre nós. Uma cabeça raspada contra a própria vontade, consequência da quimioterapia e medicações envolvidas no processo de tratamento, afetam diretamente a autoestima da mulher, assim como a remoção de uma mama quando identificado um câncer maligno na região. O câncer de mama é um dos mais comuns no Brasil, atingindo 28% dos casos quando considerados todos os tipos de câncer. As mulheres com mais de 50 anos representam 80% dos casos segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), mas as jovens ainda assim devem estar em estado de alerta.

Não existe remédio melhor que a prevenção. Por isso, nós apoiamos projetos que estão lutando em prol da diminuição do câncer de mama. São histórias incríveis e inspiradoras de transformação. A ONG Mulheres de Peito, desde 2017, vem ajudando mulheres com vulnerabilidade financeira a conseguir um diagnóstico precoce através de exames. A atitude impacta diretamente na oportunidade de tratamento, e diminuição do índice de mortalidade causado pela doença, uma vez que diversas mulheres com a suspeita do câncer são privadas de acesso a exames para o diagnóstico precoce devido a situação financeira.

O Arte Com Paixão também conquistou o nosso coração com a sua missão na reconstrução da autoestima de mulheres que enfrentaram o câncer. Nesse projeto em especial, pessoas que passaram por tratamentos de quimioterapia e perderam os pelos das sobrancelhas, ou tenham realizado a mastectomia (retirada da mama) têm a oportunidade de tentar um novo começo. Com tatuagens cosméticas e micropigmentação essas mulheres ganharam a chance de conquistar o amor-próprio de novo.

No Outubro Rosa deste ano, a agência, em que sou CEO, além de apresentar e apoiar projetos incríveis, desenvolveu um material ilustrativo e informativo, com o objetivo de orientar as mulheres sobre a forma mais simples de identificar um possível câncer de mama: escutar o próprio corpo. No nosso guia ‘Escute seu Corpo’, além de mais informações sobre os projetos citados, e entrevistas exclusivas com especialistas, há um passo-a-passo de como fazer o autoexame. O nódulo na mama é um dos principais sintomas desse tipo de câncer, e pode ser facilmente identificado através do toque na região do seio. Mudanças no tamanho e formato do órgão também devem ser observadas e compartilhadas com o seu médico se identificadas.

As mulheres têm realizado muitas conquistas em diversas esferas sociais, e a informação e conscientização podem ser a chave para essas mudanças e vitórias femininas. Para diminuir a taxa de mortalidade e pluralizar a oportunidade de tratamentos contra o câncer de mama é muito importante valorizar essa pauta no mês de outubro. Por isso, compartilhe com as mulheres que você ama sobre a importância de fazer o autoexame e se informar sobre a doença. Juntas podemos lutar em prol da diminuição dessa patologia que afeta tanto a vida de diversas mulheres no Brasil.

*Mônica Schimenes, é fundadora e CEO da MCM Brand Experience, grupo de comunicação integrada com atuação nacional e internacional, comprometido com a performance e responsável com a diversidade e inclusão. Em 2017, conseguiu elevar a empresa graças ao Programa de Mentoria para Fornecedores de Diversidade da Monsanto, pelo qual foram selecionados. É presidente do Conselho de Empresárias da WEConnect International do Brasil, foi eleita “Mulher Empreendedora Global do Ano” pela WEConnect International, reconhecida como empreendedora Global pela IWEC International e é participante do programa Winning Women da EY. Com mais de 20 anos de experiência em gerenciamento de marketing, comunicação e eventos, é responsável por contas como: IBM Brasil, BASF, Johnson & Johnson, Nestlé, Google, Suvinil, Dell, Unilever e outros. Realiza importantes palestras, com os temas: “O Feminino da Voz”, sobre empoderamento feminino, “Essência”, uma palestra biográfica motivacional, “A voz sua marca”, sobre branding e “Todos os tons da Inclusão”, um convite aos temas, diversidade, inclusão e sustentabilidade. É cantora, casada e mãe do Leonardo.

Veja também