Na semana da mulher, GSH Banco de Sangue de Brasília incentiva mulheres a doarem sangue

De jaqueline

Nesta semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Banco de Sangue de Brasília reforça a importância da força feminina como protagonista nesta causa pela vida: a doação de sangue. Por meio de uma campanha nas redes sociais, a instituição homenageia a bravura e a coragem das mulheres com o slogan “Doe sangue como uma mulher e salve vidas como uma inspiração”, incentivando-as a doar sangue.

Mesmo representando 51,5% da população brasileira (IBGE), as mulheres ainda são minoria entre as pessoas doadoras de sangue. De acordo com o GSH Banco de Sangue de Brasília, apenas cerca de 40% das doações feitas na instituição em 2023 foram realizadas pelo público feminino.

Segundo Ana Luiza Araújo, coordenadora regional de captação do GSH Banco de Sangue, é importante romper estigmas que podem impactar nas doações de sangue, para que mais mulheres se tornem doadoras.

“Muitas mulheres ficam receosas em doar sangue no período menstrual, porém, não há nenhum impedimento quanto a essa condição”, explica. Ela esclarece que, de acordo com as normas do Ministério da Saúde, as mulheres podem doar sangue até 3 vezes por ano, observando um intervalo de 3 meses entre cada doação. Já os homens podem doar até quatro vezes ao ano com intervalo de 60 dias entre as doações.

A instituição informa que há alguns fatores impeditivos temporários que também interferem para que a mulher deixe de doar sangue por determinados períodos, como: durante a gestação; pós-gravidez (90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana); e amamentação.

De acordo com o Banco de Sangue, é importante desmitificar qualquer dúvida que haja sobre o processo de doação de sangue, “um procedimento seguro, rápido e que salva muitas vidas”, ressalta Ana Luiza, lembrando que, atualmente, os estoques enfrentam um déficit de 80% e, portanto, doações de todos os tipos sanguíneos são bem-vindas.

Para doar, basta comparecer ao local, de segunda a sábado, das 7h às 12h30, na SGAS 915 – Asa Sul – 2º subsolo do Centro Clínico Advance I (próximo ao DF Star), ou agendar previamente pelos telefones (61) 3011-7531 e (61) 9632 3648, observando os requisitos abaixo.

Confira a lista completa dos pré-requisitos para doação de sangue:

  • Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH etc.) em bom estado de conservação;
  • Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença do responsável legal no momento da doação);
  • Não é permitido realizar doação acompanhado de menores de 12 anos (exceto se o menor estiver acompanhado de dois adultos, sendo necessário o revezamento dos mesmos enquanto acontece a doação);
  • Estar em boas condições de saúde, se sentindo bem, sem qualquer sintoma;
  • Pesar a partir de 50 kg e ter dormido ao menos 6h na última noite;
  • Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
  • Não é necessário estar em jejum, evitar alimentos gordurosos;
  • Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e boca (12 meses após a retirada);
  • Em caso de diabetes, deverá estar controlada e não fazer uso de insulina;
  • Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
  • Não ter tido Doença de Chagas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST);
  • Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 7 dias após cessarem os sintomas e o uso das medicações;
  • Aguardar 48h para doar caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma.

Veja também