ONA representa o Brasil no maior evento mundial sobre acreditação e segurança do paciente na Coréia do Sul

De jaqueline

A 39ª Conferência Internacional da ISQua, realizada em Seul, Coreia do Sul, abordou o tema central: “Tecnologia, Cultura e Coprodução: Olhando para o horizonte da qualidade e segurança”

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) representou o Brasil no maior evento mundial sobre melhoria da qualidade e segurança dos cuidados de saúde. A 39ª Conferência da International Society for Quality in Health Care (ISQua) de 2023, realizada em Seul, Coreia do Sul, entre os dias 27 e 30 de agosto, foi um evento marcante, que reuniu especialistas renomados, palestrantes internacionais e congressistas de 72 países, para compartilhar conhecimentos, pesquisas e melhores práticas relacionadas à qualidade dos cuidados de saúde.

Com o tema “Tecnologia, Cultura e Coprodução: Olhando para o horizonte da qualidade e segurança”, as discussões da ISQua Conference 2023 foram divididas em oito salas temáticas, que abordaram assuntos como “Saúde Digital e Inovação”; “Força de Trabalho, Política e Governança”; “Coprodução com funcionários e usuários do serviço”; “Segurança do Paciente e Melhoria da Qualidade”; “Cobertura Universal de Saúde e Equidade”; “Complexidade, Emergências e Sustentabilidade”; “Avaliação Externa”; e “Atenção Integrada”. Ao todo, foram ofertadas mais de 350 palestras, 14h de network, além de mais de 600 trabalhos apresentados.

A delegação brasileira, representada pelo presidente da ONA, Dr. Fábio Leite Gastal; pelo superintendente, Dr. Péricles Góes da Cruz; e pela gerente operacional, Gilvane Lolato, participou de uma extensa agenda de reuniões, palestras e debates. “Foi uma experiência bastante enriquecedora. Tivemos a oportunidade de acompanhar o evento desde a pré-conferência, que já foi marcada por grandes discussões sobre a acreditação, com grandes nomes internacionais do segmento. Nossa equipe participou também de um diálogo importante com clientes e não clientes da ISQua, onde foi possível se aprofundar nas experiências dos participantes”, avalia o presidente da ONA, Dr. Fábio Leite Gastal, que também participou como moderador em uma mesa de discussão sobre qualidade e segurança do paciente.

O pôster selecionado da ONA, que apresenta um pouco da realidade do Setor Brasileiro de Acreditação, bem como a missão da ONA como principal instituição acreditadora no Brasil, foi um dos destaques da Conferência. Outro importante destaque foi a participação da instituição no Comitê de Organização da próxima edição da conferência, que será realizada em Istambul, na Turquia, de 24 a 27 de setembro de 2024.

“Através das apresentações dos trabalhos, tanto oral como em formato de pôster, a ONA teve a oportunidade de apresentar não só o processo da acreditação, como também o programa de desenvolvimento de avaliadores, os resultados da metodologia, a metodologia de avaliação em si, a avaliação remota. Então, foi uma oportunidade muito grande que a instituição teve de compartilhar as suas experiências e resultados”, destaca Gilvane Lolato.

Para a ONA, na condição de membro do board de Acreditação da ISQua, desde 2016, essa integração com instituições de todo o mundo é crucial, pois fortalece o compromisso da entidade com o aprimoramento contínuo dos padrões de qualidade nos estabelecimentos credenciados no país.

“A conferência proporcionou uma oportunidade ímpar para a troca de conhecimentos e experiências com especialistas de todo o mundo que se dedicam diariamente à temática da acreditação e da segurança do paciente. Essa troca de conhecimentos contribui para atualização sobre inovações e tendências do setor, além de nos ajudar a identificar oportunidades de melhoria e aprimorar os processos de Acreditação”, destaca o superintendente da ONA, Dr. Péricles Góes da Cruz.

Coprodução

Outro tema importante abordado no eixo central da programação da Conferência diz respeito às ações de coprodução, que envolvem a colaboração de funcionários e usuários da unidade ou centro de saúde.

No atual cenário de transformação digital, onde a tecnologia tem impactado diretamente os serviços de saúde, a cultura da cocriação está ganhando relevância. Neste cenário, a importância de manter equipes atualizadas e capacitadas, de priorizar a educação permanente e implementar programas de Governança Ambiental e Social (ESG) em todas as instituições, é visto como uma tendência, que promove práticas sustentáveis, comportamento ético e um foco intensivo na qualidade integral dos cuidados de saúde.

A 39ª Conferência da International Society for Quality in Health Care (ISQua) de 2023, foi promovida pela ISQua em parceria com a Sociedade Coreana para a Qualidade em Cuidados de Saúde (KoSQua), o Serviço de Revisão e Avaliação de Seguros de Saúde (HIRA) e o Instituto Coreano de Acreditação de Saúde (KOIHA).

Veja também