Casa de Saúde São José chega à marca de 600 cirurgias robóticas

De Rafael

Iniciado há menos de dois anos, programa já é o primeiro no RJ em volume mensal de procedimentos realizados 

A Casa de Saúde São José (CSSJ), tradicional hospital do Rio de Janeiro e integrante da Rede Santa Catarina, celebra a marca de 600 cirurgias robóticas realizadas em apenas um ano e meio. De acordo com o coordenador médico do Programa Robótico da CSSJ, Dr. Hélio Calabria, a instituição já se destaca entre as principais do país e é a primeira no Rio de Janeiro em volume mensal de procedimentos realizados.

O programa da CSSJ também foi o primeiro do país a contar com um Centro de Certificação em Cirurgia Robótica com a chancela do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC). Segundo Calabria, já são mais de 15 médicos certificados em apenas três meses e, recentemente, foi realizada a primeira certificação em cirurgia de Cabeça e Pescoço.

“Podemos operar um caso de câncer de tireoide com mais assertividade, devido ao uso do robô, e também com mais conforto para o paciente, que tem uma recuperação mais rápida e sem cicatriz. Essa é uma técnica inovadora no País que começamos a aplicar na Casa de Saúde São José”, destaca.

O médico relata também um aumento no número de cirurgias torácicas durante a pandemia, por conta da investigação em pacientes com suspeita ou diagnóstico de Covid-19. Ele explica que, por conta da pandemia, muitas pessoas passaram a fazer exames relacionados ao pulmão e, assim, descobriram precocemente casos de câncer, o que impulsionou o volume de cirurgias robóticas pulmonares.

“A robótica permite a realização de procedimentos menos invasivos, com movimentos mais precisos. Assim, o paciente sente menos dor no pós-operatório e pode se recuperar na metade do tempo de uma cirurgia convencional”, completa Calabria.   

 

Veja também