FBH expõe ao Ministério da Fazenda as preocupações da rede hospitalar com propostas de Reforma Tributária

De Rafael

Dando seguimento às visitas aos órgãos do Executivo Federal para apresentar os pleitos do setor hospitalar em relação às propostas debatidas sobre a Reforma Tributária no país, o superintendente da Federação Brasileira de Hospitais (FBH), Luiz Fernando Silva, e a assessora parlamentar da instituição, Dulce Tiné, participaram nesta quarta-feira, 8, de uma reunião com a euipe da Secretaria Especial para a Reforma Tributária – SERT. O encontro, realizado em Brasília (DF), também foi acompanhado por uma comitiva de representantes de diversas entidades da saúde e da educação.

Mais uma vez, a comitiva defendeu a necessidade de um olhar diferenciado para áreas tão estratégicas para o desenvolvimento social, como são a saúde e educação. “Defendemos a aprovação de um texto que não implique no aumento ou surgimento de novos impostos para ambos os setores. Também conversamos sobre o sistema de cashback, que não está sendo previsto para substituir as alíquotas diferenciadas para saúde e educação”, destaca Dulce Tiné.

Participaram da reunião Camilla de Oliveira Cavalcante, Diretora de Relações Institucionais da SERT; e Rita de Cássia Vandanezi Munck, Chefe de Gabinete da SERT. “Mais uma vez fomos muito bem recebidos e saímos com a esperança de que essa sensibilidade que esperamos dos nossos parlamentares e da gestão federal esteja contemplada no texto final”, disse Luiz Fernando.

Veja também