Cidades saudáveis e desafios trazidos pelas pandemias são tema do segundo dia do Congresso Brasileiro para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar

De jaqueline

O arquiteto italiano Stefano Capolongo conduziu a última conferência do dia

Com olhares direcionados às novas dinâmicas e formatos dos espaços de saúde, o segundo dia do Congresso Brasileiro para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (CBDEH) trabalhou em dois eixos temáticos: “A cidade saudável: do planejamento à ação” e “Pandemias e epidemias: desafios e oportunidades”. Simpósios, painéis e conferências trouxeram perspectivas atualizadas sobre os tópicos, inclusive com a presença de palestrantes internacionais.

Durante a discussão do eixo “A cidade saudável: do planejamento à ação”, foi realizada a primeira conferência do dia, “Cidades Saudáveis e Sustentáveis. Rede Pernambucana de Municípios Saudáveis”. A palestra foi comandada por Rosane Senna Salles, pesquisadora no NUSP/UFPE em Promoção da Saúde e Redes de Municípios Saudáveis e Sustentáveis. Na sequência, o painel tocado pelas arquitetas Adriana Levisky e Juliana Castro tratou das oportunidades de atuação e demandas para promoção da saúde e bem-estar no ambiente urbano.

O segundo eixo do dia foi “Pandemias e epidemias: desafios e oportunidades”. A crise sanitária recente trouxe luz a novas perspectivas que foram abordadas pelo médico Leonardo Aguiar (SC) e a arquiteta Francine Diefenbach Xavier (SP) no segundo painel do dia. A moderação ficou por conta da presidente do CBDEH, Fernanda Ventura.

“A experiência do congresso está sendo incrível. Os conteúdos estão sendo abordados de forma densa, o que proporciona um ambiente muito rico para discussões”, celebra Fernanda Ventura, que também é vice-presidente de Marketing da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH).

O encerramento do dia ficou sob responsabilidade do arquiteto italiano Stefano Capolongo. PhD e professor titular em Hospital Design e Urban Health no Politecnico di Milano, Capolongo é docente nos cursos de Arquitetura Social, Higiene Predial no Estúdio de Design III e Saúde e sustentabilidade do ambiente construído no Estúdio Final da Escola de Arquitetura, Urbanismo e Engenharia de Construção (AUIC).

Para a arquiteta Marília Lucena, o saldo do dia foi de trocas positivas entre os pares. “Debater é muito importante, principalmente quando você tem a classe – arquitetos, engenheiros e profissionais de saúde – reunida em torno de um assunto em comum. Para construir ideias melhores é preciso colaboração e aqui é um ambiente perfeito para isso”, aponta.

O CBDEH – Realizado pela Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH), o CBDEH é destaque na grade de conteúdo voltados aos profissionais da área de saúde da HospitalMed 2022, maior e mais completa feira do setor médico e hospitalar do Norte e Nordeste. O evento conta com o patrocínio da Tarkett, Saint-Gobain, ACE, Deco Trading, Manusa, RC, Santé, Draco, Tecnoperfil, Mapei, WEG, Cosentino; apoio do 50+50, CAU, CREA-PE, ASBEA e Sebrae-PE; e apoio institucional do Real Hospital Português, IPH, HospitalMed, Unimed Recife e Rede D’Or São Luiz.

Programação 21 DE OUTUBRO

13h15 às 16h15 – Novas tecnologias e a engenharia da saúde (com Douglas Cury e Alexandre Ferreli Souza e Mário Alexandre Ferreira)

16h15 às 16h45  Coffee break

16h45 às 20h30 – A arquitetura e a experiência do paciente (com Daniel Cella,  Flávia Ranieri e Tye Farrow)

20h45 – Encerramento/congresso.

Veja também