Revista visão hospitalar guia de fornecedores

SRTV/S Qd. 701 - Conj E - nº 130 - 5º andar - Ed. Palácio do Rádio I - Torre III. Brasília /DF

(61) 3322-3330

Notícias em Destaque

Como-a-Anvisa-avalia-o-registro-de-medicamentos-novos-no-Brasil

Anvisa regulamenta lei sobre registro de medicamentos

índice

Cirurgia inovadora pode reduzir em 90% convulsões de pacientes com epilepsia

vacina-contra-febre-amarela

País tem 2.104 casos notificados de febre amarela em 17 estados

País receberá 3,5 milhões de vacinas contra febre amarela da OMS

20/03/2017

O Ministério da Saúde recorreu a ajuda internacional para abastecer os estoques de vacina contra febre amarela. Diante da decisão do Rio de vacinar, até o fim do ano, toda a população do Estado e da epidemia registrada em vários pontos do Brasil, o Ministério da Saúde receberá 3,5 milhões de doses de organismos internacionais. Os imunizantes deverão chegar ao País na próxima semana.

As doses extras foram pedidas ao Grupo de Coordenação Internacional para o Fornecimento de Vacinas, formado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras entidades. Além disso, o ministério pediu que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) passe a produzir o imunizante em sua capacidade máxima: 9 milhões de doses mensais. Esse quantitativo, segundo a pasta, deverá estar disponível já em abril. Integrantes do ministério afirmam que as duas medidas são suficientes para garantir o abastecimento adequado em todo o País. Mesmo com essas duas decisões, o governo não cogita suspender a exportação da vacina para entidades internacionais.

A pasta justificou que o pedido de doses extras é uma estratégia para não reduzir de modo significativo o estoque de imunizantes. A dimensão dessa reserva é mantida sob sigilo, sob a alegação de ser informação de segurança.

assine nossa newsletter para receber notícias da federação

Eventos

Ver todos