Nova onda de covid-19 se reflete em aumento da positividade pelos laboratórios – Dados reunidos pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial

De jaqueline

Principais laboratórios do Brasil tiveram aumento da taxa de positividade

A Sociedade Brasileira de Patologia clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML), entidade médica que reúne os profissionais envolvidos no diagnóstico laboratorial, alerta para um aumento na positividade observada nos testes para diagnóstico de covid-19 nos principais laboratórios de medicina diagnóstica do País, o que denota a ocorrência atual de uma nova onda da pandemia.

Na semana 46 (de 13/11/2022 a 19/11/2022), comparada com a semana 45 (de 06/11/2022 a 12/11/2022) houve um aumento de positividade que variou próximo a 10% em laboratórios como Einstein e Pardini, e alcançando mais de 100% na no Sabin. A Dasa, maior rede de saúde integrada do Brasil, divulgou positividade dos testes RT-PCR em 43,50% na última semana (14 a 20 de novembro).

“A circulação de novas variantes do vírus no país com potencial de evadir os anticorpos produzidos pelas vacinas e infecções anteriores, associado ao menor uso de máscaras e retorno de eventos com aglomerações, tem contribuído para o aumento do número de casos. Pela importante variação na positividade, percebemos que as pessoas procuram testar quando já tem uma alta suspeita da doença. O RT-PCR segue sendo o padrão-ouro para o diagnóstico da covid-19, com melhor sensibilidade quando coletado após segundo ou terceiro dia de sintomas, até cerca de 10 dias”, comenta Fabio Brazão, presidente da SBPC/ML.

A entidade lembra ainda sobre a importância do uso das máscaras em ambientes fechados com pouco distanciamento social e das pessoas se atualizarem com as doses de vacinação permitidas em sua faixa etária e em sua localidade, além do maior cuidado com indivíduos em risco de desenvolver doença grave.

Exames RT-PCR

Semana 46 (de 13/11/2022 a 19/11/2022) para 45 (de 06/11/2022 a 12/11/2022):

  Dasa Einstein Pardini Sabin
Positividade +43,5%(**) + 6,2% +10,4% 135,0%
Unidades (*) 980 11 6.180 350

(*) Unidades próprias ou parceiros (**) Semana 14 a 20 de novembro

Veja também