Presidente do Einstein, Sidney Klajner, torna-se porta-voz do ODS 3, do Pacto Global da ONU – Rede Brasil

De jaqueline

O presidente do Einstein, Sidney Klajner, assume um compromisso ligado às práticas ESG (sigla em inglês para environmentalsocial and governance que corresponde às práticas ambientais, sociais e de governança de uma organização) e à Agenda 2030 e se torna uma Liderança com ImPacto do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 3 do Pacto Global da ONU – Rede Brasil. Ele passará a atuar como influenciador e porta-voz do ODS, engajando outras lideranças executivas em ações que promovam o bem-estar e assegurem uma vida mais saudável para todas as pessoas.

Segundo Sidney Klajner, a discussão sobre ESG no Brasil não pode estar dissociada da busca por mais equidade em saúde e um dos principais gargalos é o acesso, premissa estabelecida no ODS 3. “O Brasil é um país de dimensões continentais, com uma enorme disparidade socioeconômica entre as suas regiões, fatores que contribuem para o difícil acesso e a distribuição assimétrica de recursos para uma assistência à saúde de qualidade. Atuar como porta-voz é uma oportunidade de impulsionar a Agenda 2030 e contribuir para a transformação desta situação, engajando outras organizações”, diz.

Estima-se que 5 milhões de mortes por ano em países de média e baixa renda sejam resultado de atendimento médico precário, de acordo com estudo da Comissão de Saúde Global de Alta Qualidade (projeto do “The Lancet”, financiado pela Fundação Bill e Melina Gates). Segundo o estudo, no Brasil, 153 mil mortes por ano estão atribuídas ao atendimento de má qualidade e 51 mil por falta de acesso a atendimento de saúde.

“Múltiplas soluções podem nascer para responder a esse desafio se soubermos construir pontes e usar diferentes expertises nas organizações – sejam de logística, tecnológicas, ou de aprimoramento de políticas públicas – para promover saúde, aumentar acesso e reduzir disparidades”, completa.

Einstein assume novos compromissos

Além da Liderança com Impacto, o Einstein aderiu a mais três movimentos do Pacto Global da ONU – Rede Brasil: Mente em Foco, pelo qual se compromete a promover ações voltadas à saúde mental e combater estigmas; Net Zero, a fim de promover a redução de 50% de CO2 em emissões acumuladas até 2030; e Impacto Amazônia, com iniciativas que assegurem que a operação e cadeia de valor não contribuam com o desmatamento da região, além de promover ações para manter a floresta em pé até 2030.

Veja também